Neymar pede desculpa a jornalistas e adeptos

Em causa uma publicação na rede social 'Instagram'

• Foto: EPA

Uma publicação de Neymar na rede social 'Instagram', após o afastamento precoce do Brasil na Copa América, em que criticava aqueles que atacariam o escrete na sequência do mau desempenho nos Estados Unidos, provocou grande polémica, não só pelo conteúdo do post, mas também pelo português utilizado.

Regressado ao Brasil, o avançado do Barcelona percebeu que as suas palavras não tinham caído bem junto dos jornalistas, mas também dos adeptos, e apressou-se a pedir desculpa pela sua atitude, através de novo post na mesma rede social.

"Meus cinco minutos no Brasil foram suficientes para perceber que meu post/desabafo no 'Instagram' tinha tido uma repercussão negativa, gigante por aqui. O que ouvi das pessoas que me receberam no aeroporto foi que eu "me excedi"... Admito... Sim, eu "me excedi. PEDIR DESCULPAS a todos os que se sentiram ofendidos é o mínimo que posso fazer", começou por escrever o dianteiro.

"Escrevi aquilo após o resultado do Brasil contra o Peru e fiquei muito chateado com a eliminação e revoltado com as palavras que ouvi e li dirigidas àqueles atletas, afinal sou parte daquele grupo. Há uma minoria que também 'se excede' com o microfone ou a caneta em mãos, mas como disse, é uma minoria. Mirei em meia dúzia e acertei em milhares, milhões...", reconheceu Neymar, antes de revelar a inspiração para o pedido de desculpas.

"Acabei de ler um artigo do Renato Rodrigues, da ESPN, com o título 'Neymar expôs o nós contra eles', que não é bom para ninguém no futebol brasileiro'. Concordo com ele. Essa discussão não é boa para o nosso futebol e, sem querer, caí na armadilha. A camisa amarela é muito vitoriosa e, para voltarmos a vencer, precisamos estar juntos e principalmente nos respeitarmos e conhecermos as dificuldades uns dos outros. E no meu post faltei com o respeito com todos, jornalistas e fãs", reconheceu o avançado, que pretende colocar uma pedra sobre o assunto.
 
"Agora é pedir desculpas e seguir em frente, aproveitar o restante de minhas férias e daqui a pouco começar a preparação para as Olimpíadas. É o nosso objetivo agora", concluiu.

Por António Carlos. Rio de Janeiro. Brasil
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.