Presidente do Santos defende Jesualdo Ferreira: «Comparações são cruéis e desrespeitosas»

José Carlos Peres diz que "em 7 jogos é muito difícil analisar um treinador"

• Foto: DR
Jesualdo Ferreira, treinador do Santos, tenta este sábado evitar o xeque-mate frente ao Palmeiras no denominado Clássico da Saudade. O português corre o risco de ser despedido se não obtiver um bom resultado, embora conte com um aliado de peso... até ver.

"Sabíamos que haveria comparações quando contratámos Jesualdo, não esperávamos era que elas fossem tão cruéis e desrespeitosas", afirmou José Carlos Peres, presidente do Peixe. "Em 7 jogos é muito difícil analisar um treinador. Entendemos dar-lhe tempo para que se adapte. O futebol fala por si. Se a bola não entra, é uma questão difícil de controlar", garantiu o líder santista. O encontro com o Palmeiras, a partir das 19 horas, no Estádio Pacaembu, a contar para o campeonato paulista, antecede o arranque da Libertadores, frente aos argentinos do Defensa y Justicia, na terça-feira.

Jesus começa a Copa Rio

O Flamengo de Jesus começa hoje a 2ª volta do Carioca, conhecida como Copa Rio, diante do Cabofriense. O luso deve fazer alterações no onze já a pensar na estreia na Libertadores, frente ao Junior Barranquilla, na quinta-feira. *
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas