Santos rescinde contrato vitalício com Pelé

Empresa que gere a imagem do antigo astro brasileiro indemnizada em 995 mil euros

• Foto: Getty Images Sport

A direção do Santos rescindiu esta sexta-feira o contrato vitalício que mantinha com Pelé. Ou melhor, o contrato vitalício que mantinha com a Sport 10 Licenciamentos, empresa responsável pela gestão da imagem do seu maior símbolo, Pelé, e pelo qual pagava, anualmente, cerca de 432 mil euros. 

O acordo de rescisão amigável prevê que o clube brasileiro pague à empresa cerca de 995 mil euros, relativos a dívidas anteriores (que o Santos foi acumulando ao longo dos anos) e uma verba prevista no contrato para a sua rescisão. Segundo a imprensa brasileira, os santistas não cumpriam a sua parte desde 2013.

Por causa desta dívida, a Sport 10 Licenciamentos colocara o clube em tribunal, que determinara a penhora de Vila Belmiro, o estádio onde habitualmente o Santos disputa os seus jogos em casa. Penhoradas estiveram igualmente parte das verbas que o Inter Milão pagou pelo avançado Gabreal Barbosa, mais conhecido como Gabigol.

Com o acordo alcançado esta sexta-feira é colocado um ponto final nas questões judiciais e, naturalmente, o dinheiro pago pelo clube italiano vai direitinho para os cofres do Santos. Uma nova parceria não está posta de parte, embora o clube de Vila Belmiro só aceite negociar de forma direta com o antigo camisola 10.

Por João Lopes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas