Escócia: Selecionador Steve Clarke escreve emotiva carta aos adeptos

No dia em que a sua seleção deveria defrontar Israel no playoff para o Europeu'2020

• Foto: Reuters

O selecionador da Escócia, Steve Clarke, pediu aos adeptos que "permaneçam saudáveis, seguros e, o mais importante, fiquem em casa."

O alerta foi dado esta quarta-feira, no dia em que sua equipa deveria jogar, em Hampden (adiado para junho), com Israel a contar para o playoff do Europeu de 2020, que só será realizado no próximo ano, tudo por causa do novo coronavírus. 

"Tanto vocês como eu, acordámos esta manhã, olhámos para a data e desejámos que as circunstâncias fossem muito diferentes, mas o mundo mudou nas últimas semanas e o futebol teve de dar um passo atrás, pois o nosso Governo e a nossa equipa maravilhosa, corajosa e altruísta do corpo médico intensificaram os esforços para enfrentar um adversário muito maior", considerou Steve Clarke.

O técnico, de 56 anos, está preocupado com a pandemia: "Esta é uma carta difícil de escrever porque, como pai e avô, há considerações muito maiores na vida no momento e responsabilidades muito maiores em todos nós, mas, ao mesmo tempo, é importante reconhecer e mostrar apreço pela esforço que todos fizeram para garantir que nossa partida contra Israel teria um estádio esgotado."

Por Alexandre Reis
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Países

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.