A FIFA enviou uma comunicação à federação grega pedindo ao organismo que intervenha perante a "situação insustentável" por que passa o futebol do país. A invasão de campo por parte do presidente do PAOK, com uma arma, durante o jogo do AEK no fim de semana, gerou críticas de todos os quadrantes e acabou com o governo do país a ordenar a suspensão do campeonato.

A FIFA avisa que expulsar a Grécia das competições internacionais. "O comité de ética tem o direito de investigar e julgar casos nacionais se as associações, confederações e outras organizações desportivas não processem nem sancionem os infratores", alerta. Assim, se a federação helénica não atuar "aplicar-se-ão as medidas corretoras, incluindo a possibilidade de suspender a federação grega."