«Não me arrependo»: Laporta rejeitou contratar Cristiano Ronaldo por causa de Ronaldinho

Antigo presidente do Barcelona revelou opção tomada no verão de 2003

• Foto: Reuters

Joan Laporta foi presidente do Barcelona entre 2003 e 2010 e volta a candidatar-se ao cargo nas eleições marcadas para dia 24 deste mês. Em entrevista à página Iniestazo, do Twitter, Laporta admitiu que logo nos primeiros meses de presidência rejeitou contratar Cristiano Ronaldo por causa de.. Ronaldinho Gaúcho.

"Estávamos prestes a fechar a contratação do Ronaldinho e do Rafael Márquez. O pessoal do Márquez propôs-nos o Cristiano Ronaldo, que na altura estava no Sporting. Um dos agentes do Márquez disse-nos que tinham um jogador que seria vendido ao Manchester United por 19 milhões de euros, mas que nos venderiam por 17 milhões", revelou Juan Laporta, que decidiu não avançar para o negócio.

"Já havíamos investido no Ronaldinho [mais de 32 milhões de euros]. O Cristiano jogava mais nas alas do que no centro e achámos que já estávamos bem servidos. Então rejeitámos e não me arrependo", conta o antigo líder dos catalães.

A verdade é que Cristiano Ronaldo, nesse mesmo verão, rumou a Inglaterra para se tornar uma figura histórica no Manchester United. Ronaldinho também viria a tornar-se um ícone no Camp Nou, sendo que naquela época de 2003/04 Messi ainda estava na equipa B do Barcelona e só no ano seguinte subiu à equipa principal blaugrana. Se CR7 tivesse ido para a Catalunha, muito provavelmente teríamos assistido a um trio de ataque com o português ao lado de Ronaldinho e Messi... 

Por André Antunes Pereira
12
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Barcelona

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.