Valverde: «Não penso na demissão, os jogadores estão a corresponder»

Barcelona foi derrotado, depois de sete vitórias consecutivas, e o treinador foi questionado se pensava sair

• Foto: Reuters

Ao fim de sete vitórias consecutivas, o Barcelona caiu com estrondo no terreno do Levante, na 12ª jornada da liga espanhola. A derrota por 3-1 em Valência está a merecer duras críticas por parte da imprensa catalã. Na conferência de imprensa, Ernesto Valverde foi mesmo questionado se não pensava demitir-se por os jogadores não estarem a corresponder em campo. O técnico garante que o cenário não é assim tão negro. "Não penso na demissão e não penso que os jogadores não tenham correspondido. Penso mais no que aconteceu antes do empate do Levante do que no que se passou depois. O que aconteceu depois do 1-1 é futebol e pode acontecer", sublinhou o técnico.

Valverde explica que sentia que o jogo "estava controlado" antes do empate e que o Barcelona podia "ter marcado mais golos" antes do primeiro do Levante. "A nossa intenção era procurar o segundo golo mas não estávamos a conseguir criar perigo. Para os nossos adversários jogar contra o Barcelona é o jogo do ano, não tiremos o mérito ao Levante", afirmou o treinador.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Barcelona

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.