Ambiente de cortar à faca no Real Madrid B por causa de uma viagem de avião

Jogadores não queriam ir a Vigo de autocarro

Vinícius
Vinícius • Foto: Reuters

Não estão fáceis as coisas no Real Madrid B por estes dias. O jornal 'Marca' conta esta quinta-feira que a viagem da equipa a Vigo, no fim-de-semana, foi deveras atribulada...

Os merengues iam jogar com o Celta B e os jogadores queriam viajar de avião. De autocarro eram 6 horas para lá, mais 6 para cá, fora as paragens... Mas a reclamação dos atletas não teve qualquer eco e a solução foi fazerem-se à estrada no sábado, para jogarem domingo, ao meio-dia.

Só que depois do jogo, que terminou com um empate (1-1), cinco jogadores disseram que regressariam a Madrid com as respetivas famílias, situação que até é frequente e que o Real Madrid permite em deslocações mais curtas. Causou estranheza, mas foram autorizados. 

Mas depois o clube soube que Luca Zidane, Franchu, Alex Martín, Dani Gómez e Cristo regressaram de avião, juntos e sem família por perto, tendo pago o bilhete do próprio bolso. Vinicius Junior, que tinha sido descartado por Julen Lopetegui da equipa principal no fim de semana, também regressou de avião, mas devidamente autorizado pelos merengues.

A situação motivou uma reunião de emergência na manhã seguinte e o treinador Santiago Solari advertiu os atletas que não ia permitir aquele tipo de insubordinação, pelo que os jogadores em causa seriam alvo de uma sanção económica.


Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.