Andrés Iniesta e a saída do Barcelona: «Senti falta de certas coisas»

Jogador aborda processo

• Foto: Reuters

Andrés Iniesta deixou o Barcelona em 2018, depois de 22 anos de ligação ao clube, e não esconde alguma mágoa pela forma como terminou a relação entre as partes. Questionado pela publicação 'El Mundo' sobre uma frase que surge num novo documentário sobre o jogador: "Nas relações, se não falas sobre as coisas, chega a uma altura em que não há forma de voltar atrás". O jogador, atualmente ao serviço dos japoneses do Vissel Kobe revela o que quis dizer.

"No contexto da minha saída do Barcelona, penso que a frase é muito explícita, muito real. Costumamos dizer que só valorizamos as coisas quando as perdemos. Mas o importante é dar-lhe valor quando as tens e que isso seja recíproco. Mas essas coisas acontecem, por vários motivos, e não é porque um é melhor do que o outro, porque um tem culpa e o outro não", assinalou Iniesta que, ainda assim, confessa alguma tristeza: 

"Pessoalmente, senti falta de certas coisas e essa frase diz muito. Apesar disso, a decisão que tomei, foi a que senti que deveria tomar", vincou Iniesta que considerou, ainda, Pep Guardiola e Luis Henrique como "duas das pessoas mais importantes" da sua carreira.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas