Barcelona tem 50 milhões para quatro reforços

Denis está já escolhido, mas ainda há três opções em aberto

Denis Suárez deve regressar
• Foto: Reuters

O título de campeão espanhol de 2015/16 está muito bem encaminhado e o Barcelona começa desde já a querer desenhar aquele que será o seu plantel para a próxima temporada. Neste âmbito, e segundo aponta o "AS", os catalães têm definidos como orçamento base 50 milhões de euros para contratações, um valor que pode naturalmente ser alterado caso surja alguma venda.

De acordo com o mesmo jornal, a ideia dos culé passa por assegurar um defesa central, um lateral e um avançado. Para a primeira vaga há quatro opções em estudo (Marquinhos, Laporte, Giménez e Stones), ao passo que para lateral a questão se complica, já que de momento não parece haver um alvo claro para reforçar aquela posição. Para a frente de ataque, o nome mais forte é o de Nolito, um jogador formado na Catalunha que atualmente representa o Celta. É que, para lá do desejo de adquirir Nolito, o Barcelona já definiu como certa a saída de Sandro.

Há ainda a possibilidade de haver mexidas na baliza, isto caso um dos dois guardiões decida sair, em face da rotatividade entre provas, que não parece agradar a nenhum. Claudio Bravo, titular na Liga, pretende também jogar na Liga dos Campeões, ao passo que Marc-André ter Stegen, primeira escolha na Champions, quer jogar na... Liga.

Denis Suárez é o único certo

De resto, além das três posições acima referidas, o Barcelona já definiu o regresso de Denis Suárez (está atualmente no Villarreal) como prioritário, numa operação que custará três milhões de euros - é esse o valor da cláusula de recompra.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.