Beto e os penáltis na final com o Benfica: «Senti que o meu pai estava a iluminar-me»

Guarda-redes foi um dos heróis do triunfo do Sevilha na Liga Europa, há seis anos

• Foto: DR Record

Faz hoje seis anos que o Sevilha derrotou o Benfica e ganhou a Liga Europa, uma final decidida nas grandes penalidades e em que Beto foi um dos heróis dos espanhóis, ao defender dois penáltis. O guarda-redes, que agora veste as cores do Goztepe, na Turquia, lembrou em declarações ao jornal ABC algumas das emoções vividas nessa partida.

"É impossível esquecer tudo o que vivemos... Essa Liga Europa tinha de ser nossa. A final foi complicadíssima, tenho recordações mágicas do que aconteceu naquela noite. Acho que nos marcou a todos", contou o português.

Beto recorda os penáltis. "Trabalhámos muito antes e conhecíamos bem o nosso rival. Mas ali, naquele instante, quando estás perante milhares e milhares de pessoas a defender um título europeu, há algo mais... Tinha fé em mim, claro. Mas também senti que o meu pai estava a iluminar-me do céu. Senti mesmo. Não apenas nos penáltis, mas em todo o jogo. Dessa forma, com essa sensação cheguei aos penáltis e as coisas correram bem", lembra.

O jogador recorda uma equipa unida. "Éramos como uma família, tanto dentro como fora do futebol. Sabe quando? Quando tínhamos problemas. Nesses momentos uníamo-nos, resolvíamos a situação e seguíamos me frente. Sabíamos que se houvesse uma quebra durante a época, a seguir íamos conseguir superá-la."

 
 

12
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0