Bruno Gama revoltado com direção do Deportivo: «É uma falta de consideração»

Avançado português queixa-se de apenas ter sido contactado por telefone e email

• Foto: Getty Images

Uma semana depois de o Deportivo Corunha ter anunciado a rescisão do contrato que mantinha com Bruno Gama, o extremo português recorreu a uma carta aberta, enviada à agência noticiosa EFE, para deixar críticas ao emblema galego pela forma como o tratou. E se para a direção há um discurso de desilusão, para os adeptos e ex-colegas a mensagem é de agradecimento.

"Primeiro, quero agradecer a todos os meus companheiros pelos momentos que vivemos juntos todos estes anos, tanto em campo como no balneário. Agradeço aos fisioterapeutas, funcionários do clube, equipa médica e todos os que conviveram comigo no clube. Em especial, quero dizer obrigado aos adeptos por este período, no qual vivemos momentos inesquecíveis", disse o português, de 30 anos.

"Em segundo lugar, não era desta forma que queria sair do Deportivo. A atitude que os responsáveis do clube tiveram demonstra uma grande falta de consideração pelas pessoas, contactando-me por telefone e depois por e-mail, a poucas horas do fecho do mercado", acrescentou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.