Dani Parejo força saída do Valencia

Clube e técnico querem mantê-lo entre as opções

• Foto: EPA
A falta de empenho demonstrada por Dani Parejo, nos minutos que passou em campo, no encontro de preparação disputado pelo Valencia, no passado sábado, diante do Ilves Tampere, da Finlândia, fez transbordar a paciência do técnico Pako Ayestarán, que no primeiro treino realizado esta segunda feira, em Inglaterra, colocou o médio, de 27 anos, a treinar-se à margem dos demais companheiros.

Este é o resultado do braço de ferro alimentado pelo médio, que terá já dado conhecimento aos responsáveis do clube 'che' da sua intenção de deixar o Valencia, antes do encerramento do mercado, a 31 de agosto. Só que nem Ayestarán nem a direção parecem dispostos a aceitar a única proposta, não oficial, ventilada até ao mesmo: é do Sevilha, um concorrente direto, e andará em torno de 10 milhões de euros.

Pouco, consideram os valencianos, por um jogador que, depois da saída de André Gomes para o Barcelona, se assumiria, se aceitasse continuar, como o único criativo, condutor de jogo do meio-campo do Valencia. Com outros números e outros pretendentes, preferencialmente estrangeiros, o clube 'che' até poderia mostrar-se disponível para fazer a vontade ao futebolista, mas, assim...

Até porque, à semelhança de vários outros clubes por essa Europa fora, também o Valencia está em dificuldades para cumprir os critérios de fairplay financeiro da UEFA e, perdendo Parejo, teria de ir ao mercado em busca de uma alternativa, o que poderia revelar-se complicado.

Quanto a Parejo, o médio parece indisponível para ceder, por considerar que os adeptos são injustos para consigo e que é visto como uma espécie de 'boneco' contra o qual todos disparam quando as coisas não correm bem. Algo que, estranhamente, não sentia quando, há um ano, renovou contrato com o Valencia até 2020, afirmando tratar-se de um dos dias mais felizes da sua vida.
Por João Lopes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas