Defesa do Saragoça entre os 9 detidos no âmbito de investigação por viciação de resultados

Pichu Atienza implicado na 'Operação Oikos'

• Foto: Instagram

A polícia espanhola deteve esta terça-feira 9 pessoas na segunda fase da 'Operação Oikos', que investiga a viciação de resultados no futebol do país vizinho. E entre os detidos está Francisco Javier Atienza Valverde, defesa central do Saragoça conhecido por Pichu Atienza.

O jogador está a recuerar de uma lesão no joelho desde o início de novembro e não tem, por isso, estado integrado nos trabalhos da equipa. O Saragoça só soube do sucedido minutos antes do treino desta manhã.

À semelhança da maior parte dos detidos, Pichu Atienza tem um passado ligado ao Huesca, clube que representou em 2014/15, embora não tenha chegado a coincidir com muitos dos implicados anteriormente detidos.

Iñigo López, ex-jogador do Deportivo da Corunha, Agustín Lasaosa, ex-presidente do Huesca, Juan Carlos Galindo, antigo líder do departamento médico do mesmo clube, voltaram a ser presos hoje. Já tinham sido detidos em maio mas haviam sido libertados.

Além destes foi também preso Carlos Laguna, diretor financeiro do Huesca.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.