Enrique Cerezo chamou 'tonto' a Kun Agüero, mas depois arrependeu-se

Presidente do At. Madrid diz que se referia apenas à forma como o argentino deixou o Vicente Calderón

• Foto: Associated Press

Horas antes do Barcelona-Atlético Madrid, no qual se decidirá um dos finalistas da Taça do Rei, cuja final constituirá o derradeiro jogo a ser disputado no 'velhinho' Estádio Vicente Calderón, o presidente do clube colchonero fez questão de vir a público explicar o que quisera dizer na véspera, quando, aos microfones da 'COPE' e da 'Onda Cero', afirmara que Kun Agüero fora um "tonto" pela forma como abandonara os 'rojiblancos'.

"Foi o único jogador que saiu a mal do 'Atleti', por ser tonto. Chegou como um herói e saiu pela porta de trás", afirmara Enrique Cerezo na segunda-feira, voltando na terça a falar sobre o tema, para esclarecer que afinal o avançado argentino do Manchester City é um grande 'amigalhaço' e não um 'tonto' como por lapso o caracterizou.

"Ontem disse numa rádio que o Kun era tonto. O Kun não é tonto. É um dos melhores jogadores que houve e há na história do futebol. Disse que foi tonto pela forma como saiu do Atlético de Madrid, podia ter saído pela porta grande e saiu pela porta das traseiras. É um grande jogador e um grande amigo e desejo-lhe toda a sorte do Mundo no Manchester City", explicou o presidente do Atletico Madrid, aproveitando a oportunidade para considerar que os 'red devils' são "pouco equipa" para Antoine Griezmann e que, antes do final da época, irá renovar com 'El Niño' Torres.

Por João Lopes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas