Espanyol recusou empréstimo de De Tomás no verão... para depois pagar 20 milhões ao Benfica

'Mundo Deportivo' lembra nega dada ao Real Madrid no arranque da época

• Foto: EPA

Contratado no mercado de inverno a troco de 20 milhões de euros ao Benfica, uma verba que entrou para a história como a transferência mais cara de sempre do clube, Raul de Tomas poderia ter chegado ao Espanyol já no verão sem sequer ter passado pelo clube da Luz e... sem custar os milhões que viria a custar. A informação é esta sexta-feira revelada pelo 'Mundo Deportivo', que revela a nega dada pelos catalães no arranque da temporada, quando o Real Madrid colocou em cima da mesa a possibilidade de o avançado ser reforço a título empréstimo.

Segundo aquela publicação, a oferta dos merengues surgiu depois de uma primeira abordagem do Espanyol, na qual os seus dirigentes expressaram a vontade de conseguir as cedências de Fede Valverde e Vinicius Jr. Como esta dupla entrava nas contas de Zidane, os madrilenos recusaram a abordagem, mas não deixaram os catalães de mãos a abanar, disponibilizando-se a ceder RDT. A possibilidade não agradou, o Espanyol recusou-a, e o avançado acabaria então por rumar ao Benfica, por 20 milhões de euros.

O resto da história já é sabida: na Luz não se conseguiu impor e em janeiro voltou a Espanha, precisamente para o mesmo Espanyol que o recusara meses antes, a troco dos tais 20 milhões de euros que tanto deram que falar. E a verdade é que, com seis jogos disputados, RDT tem feito valor a aposta, já que leva cinco golos marcados...

Por Fábio Lima
8
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas