Ex-adjunto de Luis Enrique: «É como um divórcio em que ele fica com o carro, a casa, o cão...»

Jesús Casas garante não ter "rancor" do selecionador espanhol

• Foto: Reuters
Foi com surpresa que em Espanha se viu a saída de Jesús Casas, braço direito de Luis Enrique na La Roja, mas o agora ex-adjunto do selecionador garante que não há 'estória' por detrás da sua decisão. Nem estória, nem rancor com o treinador com quem, garante, continua a dar-se "maravilhosamente bem".

"Não guardo qualquer rancor ao Luis nem nada disso, muito pelo contrário. Evidentemente, tivemos os nossos desaguisados. É o normal numa relação tão longa. O mesmo pode acontecer com o seu chefe [do jornalista]", disse ao 'As', sublinhando que a sua decisão foi tomada porque olhava agora "de maneira diferente" para determinadas situações.

E prosseguiu: "É como um casamento que dá em divórcio. O que se passa é que ele, ao ser o chefe, ficou com o carro, a casa, as crianças, o cão e o apartamento, e tu vais dormir para casa de um colega. É como é. Não há que dar mais voltas".
Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas