Ex-presidente do Valencia condenado a dois anos de prisão por tentativa de sequestro

Juan Bautista Soler tentou raptar Vicente Soriano, outro antigo presidente dos 'ché'

• Foto: CORREIO DA MANHÃ

O tribunal de Valencia condenou, esta terça-feira, Juan Bautista Soler, antigo presidente do emblema valenciano, a dois anos de prisão por tentativa de sequestro a outro antigo presidente do clube, Vicente Soriano, segundo consta o relatório divulgado pela Europa Press.

Segundo relata a agência, o tribunal considerou que Soler tinha "o sério objetivo" de levar a cabo o plano de sequestro, com um motivo de cariz "económico".

Ricard Sala, advogado de defesa de Soriano, anunciou, em declarações à Europa Press, que quer a execução da sentença, o que implicaria a prisão de Juan Bautista Soler e dos outros três condenados, um membro da polícia e dois empresários.

Perante o juiz, Soler admitiu ter recebido "várias ameaças" para participar no sequestro e que não avisou a polícia por ter medo de receber "represálias". O antigo dirigente dos 'ché' afirmou ainda que nunca "participou em nada ilegal".

Por Sérgio Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.