Fisco espanhol suspeita que salários de Messi seriam pagos através da sua fundação

Investigação sobre as doações do Barcelona entre 2010 e 2013 ainda está em aberto

Em abril de 2016 investigadores do fisco espanhol estiveram na sede do Barcelona a investigar as doações feitas pelo clube à fundação de Lionel Messi entre 2010 e 2013. De acordo com os dados do Football Leaks revelados esta sexta-feira, as autoridades fiscais do país vizinho suspeitam que parte do salário do jogador seria pago através da fundação, com o intuito de assim fugir aos impostos. 

De facto, se as transferências fossem de facto doações, seriam sujeitas a uma carga fiscal consideravelmente inferior à que tanto o clube como o jogador têm de pagar pelo elevadíssimo salário do argentino. Segundo as publicações que fazem parte do Consórcio de Jornalistas, durante esse período o Barcelona ter-lhe-á pago 5,3 milhões de euros através da fundação. O 'El Mundo' escreve que a investigação ainda está em aberto.

Outro aspeto pertinente prende-se com o destino do dinheiro que entra na Fundação Messi. De acordo com o 'El Mundo', as contas da Fundação têm "lacunas de informação" e "gastos suspeitos", sendo que as verbas destinadas à sua vertente social "parecem ser insuficientes". Há também grandes quantidades de dinheiro enviadas para a delegação da Fundação na Argentina.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas