Gary Neville já estava despedido há uma semana

Treinador deixou Valencia no 14.º lugar

• Foto: Reuters

Gary Neville e o Valencia anunciaram na última quarta-feira a rescisão de contrato, mas na verdade o técnico inglês, que em dezembro substituiu o português Nuno Espírito Santo, já tinha sido demitido do cargo uma semana antes.

O "The Telegraph" conta esta sexta-feira que Gary Neville terá acordado com o Valencia não tornar público mais cedo o seu despedimento de forma a não afetar os compromissos da seleção inglesa frente à Alemanha e Holanda, uma vez que o técnico é adjunto de Roy Hodgson.

Gary Neville deixa o Valencia no 14.º lugar da liga espanhola, com 34 pontos, em risco de despromoção. 

Por Marta Correia Azevedo
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas