Gilberto Madaíl "siderado" com detenção de Villar

«Fizemos dois ou três jogos e só tive de pagar o cachet normal»

Record contactou Gilberto Madaíl, antigo presidente da FPF que trabalhou diretamente com Ángel Maria Villar e que com ele tem uma relação de proximidade. E revelou-se estupefacto com a detenção do presidente da Federação Espanhola de Futebol alegadamente envolvido num esquema de corrupção.

"Isto deixa-me muito confuso. Não entendo, estou siderado. Não percebo como é que um homem que está há vinte e tal anos na federação espanhola e trabalhou 18 ou 19 na UEFA e na FIFA, onde só pode ter ganho muito bem, vive isto. Temos uma forte ligação, falámos há dois meses e nunca tive qualquer sinal de que ele poderia estar envolvido nisto. Não acredito. Fizemos dois ou três jogos e só tive de pagar o cachet normal, nunca me foi pedido mais nada do que isso", explicou Madaíl ao nosso jornal.

Por Hugo Neves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.