Hazard e as diferenças para a Premier Leage: «Lá não são tão fanáticos como em Espanha»

Jogador belga elogiou o clube espanhol em entrevista à UEFA

Eden Hazard concedeu uma entrevista aos meios de comunicação da UEFA, antes do jogo de quarta-feira entre o Real Madrid e o PSG, onde falou não só sobre a sua chegada ao clube dos seus sonhos, comparando-o com o Chelsea, sua ex-equipa, mas também relativamente à sua relação com o treinador francês Zinedine Zidane.

Quando questionado sobre a sua transferência para o Bernabéu, o jogador de 28 anos afirmou que esta última já estava nos seus "planos" por ter o "sonho" de representar o Real Madrid, desde a altura em que jogava em Inglaterra.

"Quando estava no Chelsea já sabia que o meu sonho era vir jogar neste clube, um dia. Não esperava ficar sete anos no Chelsea, mas no final tudo correu bem e tive a oportunidade de ganhar algo ano após ano. Creio que foi por isso que fiquei lá tanto tempo. Agora, é um sonho para mim estar aqui e espero aproveitá-lo ao máximo", afirmou Hazard.

Em relação à sua relação com o plantel e o treinador Zinedine Zidane, o avançado confessou-se "feliz" por "mais de um mês" de trabalho.

"Trabalhamos há mais de um mês juntos e estou feliz. Sinto-me como um menino pequeno, não só por causa dele, mas também pelos outros jogadores. Estou a aprender todos os dias e a conhecê-los. É ótimo trabalhar com um treinador que, quando falas com ele, consegues sentir que já foi jogador. Só preciso de aprender com ele e estou certo de que tudo vai correr bem", confessou o belga.

No capítulo dos objetivos que quer ver alcançados, Hazard afirmou que quer divertir-se "o mais possível em campo" de forma a "marcar golos" e conseguir "ganhar jogos". 

"Sempre trabalhei sobre a parte individual, em campo. Claro que quando estás num clube como este tens que ganhar e tens que marcar. Mas sempre me comportei da mesma forma e é isso que vou tentar fazer. Procuro divertir-me o mais possível em campo e sei que os resultados vão aparecer. Quero fazer com que as pessoas me vejam mais, ganhar jogos e marcar golos. É um pouco parecido com o que fiz no Chelsea, mas vou tentar fazê-lo de novo no Real Madrid, melhor se possível".

De resto, quando questionado sobre as diferenças entre a La Liga e a Premier League, o jogador blanco referiu que perder pelo clube inglês não era visto como um "desastre", algo que não acontece em Espanha visto os adeptos espanhóis serem "fanáticos".   

"Penso que aqui os adeptos são verdadeiros adeptos. Em Inglaterra há muitos adeptos, as pessoas gostam de futebol e todos os jovens, os adultos e os adolescentes, estão realmente interessados no teu futebol, mas não são tão fanáticos pelas suas equipas. Nos momentos em que estava no Chelsea e perdíamos, estávamos dececionados tal e qual os adeptos, mas nunca sentia que era um desastre. Isso é diferente em Espanha. O futebol é tudo para eles e depende dos jogadores dar-lhes tudo", rematou Hazard.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.