Insólito: Fuenlabrada convocou jogadores para lhes medir a percentagem de gordura

Convocatória deu que falar e o clube acabou por voltar atrás na decisão

Numa altura em que os desportistas em geral estão impedidos de treinar como dantes, um dos grandes problemas passa pelo controlo alimentar e o possível ganho de peso e gordura nesta fase de interrupção. Alguns jogadores de topo, como Eden Hazard ou Aaron Ramsey, até já confessaram ter alguns problemas dessa ordem por estarem sempre confinados ao seu domicílio e a verdade é que esse é mesmo um tema que promete dar muitas dores de cabeça quando se fizer o eventual regresso à atividade.

Ora, de forma a tentar perceber como se estavam a sair os seus jogadores, o CF Fuenlabrada, da 2.ª Divisão espanhola, foi notícia no domingo no país vizinho, ao convocar todos os seus jogadores para se apresentarem no centro de treinos do clube apenas e só para lhes serem feitas as medições da percentagem de gordura. A ideia era perceber a necessidade de eventuais ajustes nas suas dietas, mas a questão acabou por gerar muita polémica e colocar o modesto conjunto de Madrid no olho do furacão.

A situção foi de tal forma polémica que até levou à intervenção do Conselho Superior dos Desportos (CSD), organismo que ao saber da convocatória fez uma ameaça bem séria ao clube, colocando em cima da mesa uma possível sanção devido à violação das regras atualmente vigentes no país. E de pouco valeu a organização das análises, que eram feitas com espaçamento de quinze minutos, sem que os jogadores tivessem qualquer contacto entre eles.
 
Curiosamente, a ameaça do CSD surgiu apenas já durante a manhã desta segunda-feira, quando seis jogadores já haviam feito as análises, isto enquanto outros tantos esperavam no interior dos seus veículos antes de lhes ser dada luz verde para avançar. Ao saberem da posição do CSD, os responsáveis do clube acabaram por decidir dar por terminada a sua polémica ação, ordenando aos jogadores que ali estavam para voltar às suas residências.

De notar que, segundo o 'AS', nenhum elemento do clube entrou em contacto com a Liga ou com algum organismo competente antes de levar a cabo esta análise, pois entendiam que este tipo de iniciativas não violava as normas vigentes. Por outro lado, um dos pontos mais caricatos é que o advogado do clube é Javier Tebas Llanas, filho de Javier Tebas, o presidente da La Liga...

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.