Jogador que atirou polícia a rio arrisca quatro anos de prisão

Ager Aketxe, agora no Toronto FC, em maus lençóis

Atualmente vinculado ao Toronto FC, o médio Ager Aketxe arrisca ser condenado a uma pena de prisão de quatro anos, devido a incidentes ocorridos no verão de 2015, quando durante as festas de Romo, em Getxo, nos quais ter-se-á envolvido em confrontos com um polícia (na altura fora de serviço), fazendo este cair ao rio Gobelas. Agora, superados todos os trâmites, o Ministério Público pede a referida pena de prisão, que também é pedida para um outro homem que estava na zona e que, segundo as autoridades terá também estado envolvido nos incidentes.

Segundo a acusação, o agente viu uma luta e decidiu gravá-la com o seu telemóvel, de forma a ter prova de eventuais delitos. Apercebendo-se da presença de alguém a gravar, o grupo onde estava Aketxe partiu então em busca do polícia, ao qual pediram de forma "agressiva" para apagar o vídeo. Como o agente da autoridade se recusou, o grupo acabou por agredi-lo, levando-o mesmo a cair ao rio.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0