Koeman aziado nem cumprimentou os jogadores

No empate com o Cádiz recolheu aos balneários após o apito do árbitro

Apesar de a época no Barcelona não estar a correr muito bem, Ronald Koeman, treinado da equipa, mantinha uma tradição com os seus jogadores, no final de todos os jogos. Pois bem, após o empate a uma bola com o Cádiz, na última jornada da Liga Espanhola, o técnico holandês falhou nos seus costumes e, logo a seguir ao apito final do árbitro do encontro, foi direto para o balneário.

A frustração pelo facto de equipa não ter conseguido 'matar' a partida e de ter sofrido o golo do empate, de penálti, muito perto do fim, fez com que Koeman explodisse na conferência de imprensa.

"Estou muito dececionado, mais do que na quarta-feira (Barcelona perdeu com o PSG por 4-1). Podíamos encurtar a distância para o líder e não o fizemos, mesmo sem termos sofrido praticamente nada, durante todo o encontro", destacou.

Mas, Koeman, que pela primeira vez não cumprimentou os jogadores no final da partida, e falou diretamente para eles: "Se não 'matas' os jogos, há sempre a possibilidade de sofrer um golo, num esforço final. Não fizemos o segundo golo e pagámos muito caro, numa ação particular (falta para penálti de Lenglet)."

Por Luís Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.