Koeman: «Haverá um antes e um depois de Messi no Barça e na história do futebol»

Técnico holandês do Everton mostra-se completamente rendido ao craque argentino

• Foto: Reuters

Apontado como um dos possíveis sucessores de Luis Enrique no comando técnico do Barcelona, Ronald Koeman admitiu que gostaria de voltar aos catalães, agora como técnico, e não escondeu que a possibilidade de treinar Lionel Messi é um aliciante extra, mostrando-se completamente rendido ao craque argentino.

"Eu admiro Messi profundamente. Não só é o melhor futebolista de todos os tempos, como passarão 10 ou 20 anos e não voltará a aparecer alguém como ele", afirmou o atual treinador do Everton, acrescentando que, apesar de ter jogado ao lado de muitos craques, nunca viu ninguém como ele: "Sabem o mérito que ele tem por estar tantos anos a render a este nível? Um jogador que já marcou 500 golos e foi tantas vezes decisivo merece um lugar à parte."

Recordando o último clássico frente ao Real Madrid - "Foi um tipo de jogo em que podemos afirmar que Messi ganhou o encontro quando quis. É injusto dizer isso, mas o que Leo fez no Bernabéu ficará para a história", sublinhou -, o técnico holandês que passou pelo Benfica em 2005/06 perspectivou ainda o que será do Barça quando perder o craque argentino.

"O treinador que tenha de gerir esse período terá de procurar entre todos os elementos do plantel, juntos, o que dá Messi à equipa. Sei que é quase impossível, mas será necessário somar muitos esforços e perfis diferentes. Aliás, haverá um antes e um depois de Messi no Barça e na história do futebol", concluiu.

3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.