Longa viagem de carro pode ser solução para Fejsa voltar a Espanha

Médio sérvio está em Portugal mas terá de voltar

Com luz verde por parte das autoridades para voltar a treinar, o Alavés está a preparar o seu plano para o retorno às atividades e um dos pontos a definir passa pelo retorno dos jogadores que decidiram enfrentar o período de pandemia fora de Espanha. Um desses futebolistas é o sérvio Ljubomir Fejsa, que há já várias semanas está em Portugal confinado à espera que a situação em torno do coronavírus seja superada.


Agora, com o regresso aos trabalhos marcado já para os próximos dias, o médio estará em contacto com o seu clube para definir a melhor forma de proceder para voltar a 'casa', sendo que segundo o 'El Correo' a possibilidade que estará em cima da mesa passará por uma longa viagem de carro de Lisboa a Vitória. Ao todo, contas feitas, Fejsa poderá ser obrigado a fazer quase mil quilómetros para se juntar aos seus colegas no Alavés, isto caso não surja uma opção mais viável - algo pouco provável, já que as ligações aéreas estão muito limitadas.

De resto, e apesar de a situação de Fejsa obrigar sempre a uma preparação, a verdade é que a de Oliver Burke inspira mais cuidados, já que o avançado escocês encontra-se em terras britânicas e as ligações aéreas são escassas (ou nulas). A alternativa seria viajar de carro desde Kirkcaldy, numa viagem com mais de dois mil quilómetros para fazer. Basicamente, não infringindo os limites de velocidade, o dianteiro teria praticamente de passar 24 horas ao volante para chegar a Espanha...

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas