Luis Enrique: «Não me enganei em nada frente à Juventus»

Técnico do Barcelona acredita numa nova reviravolta na eliminatória

• Foto: Reuters

O Barcelona prepara o encontro com a Real Sociedad (sábado, às 19H45), mas a goleada sofrida na primeira mão dos quartos-de-final da Champions, diante da Juventus, ainda está a gerar ondas de choque. Na antevisão do encontro da La Liga, Luis Enrique descartou responsabilidades pelo desaire e considerou que uma nova remontada, tal como sucedeu com o PSG, é bem possível.

"É evidente que sou o responsável por todo o mal que acontece, mas na partida de Turim não me equivoquei em nada taticamente. Sou o treinador e sou eu que decido, sou o máximo responsável e sabia isso desde o momento em que assumi este lugar. Estivemos mal na primeira parte a nível defensivo e ofensivo e a Juventus aproveitou", explicou, mostrando total confiança que o emblema blaugrana vai seguir em frente na competição: "Na primeira parte estivemos um pouco abaixo do esperado e isso paga-se. Agora podemos ainda dar a volta e está mais fácil do que na última vez, frente ao PSG".

Contudo, o foco do grupo liderado por Luis Enrique está totalmente no jogo de amanhã, frente a uma equipa que sabe jogar bem quando tem bola e que é agressiva quando não a tem, um rival completo". Nada que altere a confiança do técnico num desfecho positivo: "Os jogadores estão conscientes da dificuldade, mas precisamos destes pontos como injeção de moral e para continuarmos a lutar pelo campeonato".

Para tal, conta com Messi, o avançado argentino que não tem dúvidas tratar-se do "melhor jogador de todos os tempos".

Por Valter Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0