Malcom: «No Barcelona treinava 40 a 50 minutos; no Zenit faço bidiários!»

Avançado brasileiro fala em exigência superior no Zenit São Petersburgo

• Foto: Reuters

Antigo jogador do Barcelona, o brasileiro Malcom passou pelo clube catalão sem deixar grande marca, rumando ao final de apenas uma temporada ao Zenit São Petersburgo, clube russo onde continua a atuar desde então. Ora, ao contrário do que seria de esperar, o avançado comparou os dois emblemas e assumiu que a exigência é bem superior no clube de São Petersburgo e explica porquê.

"No Zenit fazemos treinos bidiários. A verdade é que aqui treinamos muito mais e se calhar foi por isso que me lesionei! No Barcelona estava habituado a treinar só uns 40 a 50 minutos", explicou o avançado brasileiro em declarações ao programa ‘Què t’hi Jugues’, da SER Catalunya, numa entrevista na qual disse que "merecia mais minutos" com a camisola blaugrana: "Pelo que fazia em campo creio que merecia mais, mas isso é normal em todos os jogadores: queremos sempre jogar mais".

Por fim, Malcom elogiou Leo Messi. "O balneário não tem tanto poder e o Leo não faz de presidente. Fala como capitão com todo o plantel, estava sempre a perguntar coisas. Uma das piores coisas deste período é não podermos vê-lo jogar", assumiu.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.