No extremo da rivalidade: a cláusula bizarra que o Betis obrigou Van der Vaart cumprir

Ex-internacional holandês foi 'proibido' de usar... chuteiras vermelhas

• Foto: Reuters

Há momentos em que a rivalidade é levada aos extremos, este é mais um desses casos. Este sábado, a imprensa inglesa recordou a transferência de Rafael Van der Vaart, a 17 de junho de 2015, dos alemães do Hamburgo para os espanhóis do Real Betis.

Depois de três temporadas no futebol alemão, onde realizou 86 partidas e apontou 18 golos, o ex-internacional holandês, agora com 37 anos, decidiu regressar à Liga espanhola para ingressar no Betis. Contudo, não esperava que o seu contrato tivesse uma cláusula que o proibisse de... usar chuteiras vermelhas, tudo devido à rivalidade existente entre o clube e o rival da cidade, o Sevilha - que veste as cores branca e vermelha no seu equipamento.

De acordo com o 'The Versed', Rafael Van der Vaart lucrou bastante com esta pequena imposição do Betis. No total, o antigo internacional holandês recebeu cerca de 1.6 milhões de euros. Nada mau...

Por Sérgio Magalhães
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.