O dia em que um empregado de mesa mudou a vida de ex-jogador do Sevilha

A curiosa história da contratação de Vasilios Tsiartas

• Foto: Arquivo/Luís Vieira

Já retirado do futebol profissional - pendurou as chuteiras há dez anos -, Vasilios Tsiartas revelou esta segunda-feira ao jornal espanhol 'El País' todo o processo que em 1996 o levou a assinar contrato com o Sevilha. A história é tudo menos... normal.

"Segundo me contaram, elementos do Sevilha vieram à Grécia para ver o Karapialis, médio do Olympiacos. E, ao que parece, num resturante um empregado de mesa ouviu uma conversa e disse-lhes para prestarem atenção a um miúdo do AEK. Daí começaram a seguir-me e contrataram-me. Isso tudo sucedeu numa altura em que não sabia nada do Sevilha. A única coisa que sabia era a sua localização no mapa e que o Maradona tinha jogado lá", recordou Tsiartas, de 45 anos, um jogador de boa memória para os adeptos do Sevilha e... de má memória para os portugueses.

É que o médio ofensivo foi um dos heróis gregos na conquista do Euro'2004, alcançado precisamente diante de Portugal.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas