O milagre de Cazorla continua: regresso à seleção quatro anos depois

Jogador do Villarreal é uma das novidades na lista da Roja

• Foto: Reuters e Action Images

Quatro anos depois da sua última presença, e depois de um longo calvário de lesões que o levaram por dez vezes à mesa das operações e que o obrigaram a estar mais de dois anos sem jogar, o médio ofensivo Santi Cazorla está de volta às convocatórias da seleção espanhola. A novidade foi revelada esta sexta-feira pela Federação Espanhola de Futebol, ao dar a conhecer a lista de escolhidos para o duplo compromisso de apuramento para o Europeu de 2020, diante das Islas Feroé e da Suécia, no qual também se destaca a inclusão de Mikel Oyarzabal.

Ainda assim, o grande destaque é mesmo Cazorla, que aos 34 anos recebe a convocatória quando provavelmente menos esperava, num gesto visto em Espanha como o prémio para uma temporada de grande nível ao serviço do Villarreal e não como uma espécie de homenagem perante tudo aquilo que o jogador passou nos últimos tempos.

Lista de convocados:

Guarda-redes: De Gea (Manchester United), Kepa (Chelsea) e Pau López (Betis).

Defesas: Carvajal (Real Madrid), Ramos (Real Madrid), Mario Hermoso (Espanyol), Diego Llorente (Real Sociedad), Iñigo Martínez (Ath. Bilbao), Jordi Alba (Barcelona), Sergi Roberto (Barcelona), Gayà (Valencia), Jesús Navas (Sevilha).

Médios: Busquets (Barcelona), Rodrigo Hernández (At. Madrid), Parejo (Valencia), Isco (Real Madrid), Fabián Ruiz (Nápoles) e Cazorla (Villarreal).

Avançados: Oyarzabal (Real Sociedad), Rodrigo Moreno (Valencia), Asensio (Real Madrid), Iago Aspas (Celta) e Morata (At. Madrid).

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas