Piqué em nova polémica: «Não gosto dos cordelinhos que se mexem em Madrid»

Defesa do Barcelona não poupou críticas aos rivais merengues

• Foto: Reuters

Está a confusão instalada em Espanha. Gerard Piqué, defesa do Barcelona, voltou a 'incendiar' o futebol espanhol depois das provocatórias declarações sobre o Real Madrid, que proferiu no fim do jogo do França-Espanha (espanhóis venceram 2-0). Um encontro que ficou marcado pela utilização do vídeo-árbitro.

"Tudo se resume a ir vestido de branco", começou por dizer numa clara alusão ao equipamento dos madrilenos. "Os árbitros também se podem enganar, mas isto [o vídeo-árbitro] vai ajudar", completou.

Nem o companheiro de seleção e central do Real Madrid, Sergio Ramos, escapou à ira do jogador blaugrana na zona de entrevistas rápidas. "Fala-se da remontada frente ao PSG [o Barcelona venceu 6-1 os franceses num jogo cuja arbitragem foi muito criticada], do valor que isso tem, mas ninguém fala do golo em fora-de-jogo do Ramos na final da Champions", atacou.

A ira de Piqué não se ficou por aqui. "Não tenho nada contra os jogadores do Real Madrid, mas o que não gosto desse clube são outras coisas, os valores que transmite. Não gosto de ver no Bernabéu a pessoa que condenou Neymar e Messi [nos casos que envolveram o fisco] e a Cristiano... nada. Não gosto de ver no palco do Real Madrid as pessoas que mexem os cordelinhos neste país", sublinhou, acrescentando que nunca jogaria nos blancos.

A acusação do central dos catalães, apesar de não mencionar nomes, refere-se à Advogada Geral de Estado espanhol, Marta Silva Lapuerta, que costuma ser presença assídua no estádio dos merengues, segundo avança a imprensa espanhola.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.