Presidente da LaLiga: «Cristiano saiu mas a Serie A não cresceu muito ao nível internacional»

Javier Tebas minimiza perda de grandes estrelas, embora reconheça que quer continuar com Messi em Espanha

• Foto: Reuters

Javier Tebas, presidente da Liga espanhola, participou na gala da 'Gazzetta dello Sport', em Itália, e falou da possível saída de Messi do campeonato espanhol, bem como do impacto que tiveram as transferências de Neymar e Cristiano Ronaldo para outras ligas.

"Quero o Messi sempre no campeonato espanhol", referiu quando confrontado com o sucedido há poucas semanas, com o argentino prestes a transferir-se para o Manchester City. "É uma máquina para a indústria. Há muitos anos que nos estávamos a preparar para a saída de Messi-Cristiano, para que isso não representasse um trauma financeiro", referiu.

"O Neymar saiu para o PSG e a Liga francesa não cresceu muito ao nível internacional; o Cristiano foi para Turim e o mesmo aconteceu com a Serie A. Se o Messi tivesse saído, nós já tínhamos vendido os direitos televisivos em quase todo o Mundo para os próximos quatro anos e ninguém nos telefonou a dizer que queria rescindir o contrato se o Messi saísse", acrescentou Tebas.

"Os jogadores importantes são os que estão na liga, o comboio continua. Saíram o Cristiano, o Neymar e continuámos a crescer, por causa do trabalho que tem sido feito para o crescimento da marca LaLiga. Não é um jogador que transforma um campeonato inteiro", concluiu. 

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.