O Real Madrid pagou dois milhões de euros à federação espanhola (segundo o jornal 'Marca'), relativos à cláusula de rescisão de Julen Lopetegui, o selecionador que vai assumir o comando técnico dos merengues na próxima época, depois da saída de Zidane.

Em comunicado a federação confirma que receberá "o valor da cláusula de rescisão para que o atual selecionador possa assinar pelo Real Madrid", mas não revela o montante.

O organismo pede ainda "o máximo respeito para manter a normalidade na concentração da seleção, às portas do começo do Mundial, com Portugal".