Saúl Ñíguez: «No Real Madrid roubavam-me comida e castigavam-me»

Jogador do Atlético recorda tempos difíceis

Saúl Ñíguez
Saúl Ñíguez • Foto: Reuters

Saúl Ñíguez, jogador do Atlético Madrid, não tem muito boas recordações dos tempos que passou no Real Madrid. Era um miúdo (11 anos) e essa experiência, que acabou em poucos meses, marcou-o para sempre mas pela negativa, como revela numa entrevista dada ao "El Mundo".

"Roubavam-me as botas, comida, colocaram-me de castigo sem poder pisar Valdebebas durante duas semanas por coisas que não tinha feito. Escreveram uma carta ao treinador e acusaram-me de ter sido eu", diz, descrevendo esse ano "como díficil", durante o qual amadureceu muito.

A saída do Real Madrid não afetou, contudo, os sonhos de Saúl Ñíguez, como garante. "Desde pequeno que tinha muita confiança em mim. E quando deixei o Real sabia que o mundo não acaba aí", conta.

Por Sandra Lucas Simões
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.