Record

Sergio Ramos: «Com a saída de Cristiano, apontaram a mira contra mim»

Capitão do Real critica campanha

• Foto: EPA
Sergio Ramos anda constantemente de ‘mãos dadas’ com a polémica e o motivo é quase sempre o mesmo: a sua conduta dentro das quatro linhas. Na passada quarta-feira, na goleada (5-0) do Real Madrid no recinto do Viktoria Plzen, o capitão merengue atingiu Milan Havel com o cotovelo na cara e deixou o médio checo a sangrar abundantemente do nariz, tendo mesmo sido substituído logo aos 13 minutos. Quanto a Sergio Ramos, beneficiou da ausência do VAR na Liga dos Campeões e continuou em campo sem ver qualquer cartão. Foi poupado pelo árbitro... mas não pela crítica.

No final do encontro, Sergio Ramos pediu desculpa ao adversário nas redes sociais, desejando-lhe "rápidas melhoras", mas não se livrou de um batalhão de comentários por parte da imprensa internacional: "desleal" e "é um jogador mesquinho" foram algumas das afirmações pejorativas dirigidas ao defesa dos merengues. Ora, o internacional espanhol não se escondeu e acabou por ‘chamar’ CR7 ao barulho para criticar a campanha de que está a ser alvo. "Foi um movimento casual, nunca tive intenção de magoar alguém. Com a saída do Cristiano, apontaram a mira contra mim... mas eu lido bem com isso", disse.

Solari quase... promovido

Chegou como interino e está quase a afirmar-se como técnico principal. Passados dez dias da saída de Lopetegui, Solari soma 3 triunfos seguidos e parece reunir consenso no plantel. "As coisas estão a sair bem a Solari, porque não dar-lhe uma oportunidade?", questionou o médio Casemiro.
Por Daniel Monteiro
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

M