Simeone diz que ficou no Atlético Madrid quando tinha 35 milhões de razões para sair

Argentino garante que estará à frente dos colchoneros em 2016/17

• Foto: Reuters

O argentino Diego Simeone assegura que continuará no cargo de treinador do Atlético Madrid na próxima temporada, insistindo que estão ultrapassados os motivos que o levaram a considerar a saída após a derrota na final da Liga dos Campeões da passada temporada, em Milão, frente ao rival Real Madrid.

"Cheguei à sala de imprensa depois de atravessar toda a zona onde os do Real Madrid festejavam. Sentia dor. Passava-me pela cabeça que esta seria uma época dura, que seria difícil voltar a motivar os meus rapazes...", começou por explicar o treinador em entrevista ao jornal 'As', nesta quinta-feira:

"Não, não superei a situação, disse o que sentia, que necessitava de pensar. É assim tão grave?
Pense só nisto, se quisesse ir para outro clube, teria 35 milhões de razões. Trinta e cinco milhões de razões! E não fui porque não quis. Porque não quero. Porque ainda me sinto identificado com o que faço, com o clube, porque ainda tenho um enorme apego à equipa, porque entendo que ainda somos virgens. Não tenho dúvidas quanto a isso."

"O clube está no seu melhor momento. O Atlético está a crescer. Se tivesse saído há cinco anos, tudo bem. Mas agora? O Atlético tem um estádio novo, terá, seguramente, orçamentos maiores no futuro e, se Deus nos ajudar, estaremos na Liga dos Campeões de novo para continuar a evoluir", reforçou, explicando depois os motivos de ter reduzido o limite do contrato em dois anos, de 2020 para 2018, no âmbito da renovação assinada:

"Entendi que era o melhor para mim e para o clube. Porquê para o clube? Não sei... é que houve também uma melhoria salarial. Fica claro que para o clube não é fácil segurar o treinador muitos anos porque tem de lhe pagar. Obviamente, pagar menos anos é menos prejudicial."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.