Suárez: «Não tenho de ser amigo de Messi e Neymar, mas ajuda»

Uruguaio feliz com momento no Barcelona

Luis Suárez tem uma opinião ligeiramente diferente à de Cristiano Ronaldo no que toca à relação que cada jogador deve ter com os seus companheiros de equipa. Tal como o português, o avançado o uruguaio também confessa não ser forçoso haver uma amizade entre colegas, mas acha que esta pode ajudar ao sucesso de uma formação.

"Não tens de ser amigo dos teus colegas de trabalho, mas ajuda. A minha amizade com Neymar e Messi é genuína. Estou convencido de que a nossa relação fora do campo nos ajuda dentro dele, especialmente no capítulo da comunicação no relvado. Ainda podemos melhorar mais", confessou em declarações ao "Daily Express" esta terça-feira.

O avançado sul-americano assume que tomou a decisão certa ao trocar o Liverpool pelo Barcelona após conquistar a Bota de Ouro. "O Barcelona foi a escolha certa para mim. Ganhei o triplete na minha primeira época e a minha família está feliz na cidade. Tive uma proposta do Arsenal, que é uma grande equipa, mas para mim seria muito complicado jogar noutra equipa em Inglaterra sem ser o Liverpool. 

O internacional uruguaio garante ainda seguir de forma atenta a atualidade da equipa agora orientada por Jurgen Klopp. "Siga atentamente porque será sempre um clube especial para mim. Gostava que voltassem a jogar a Liga dos Campeões. Têm um treinador novo, que é um dos mais experientes da Europa."

Por José Morgado
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.