Têm a palavra os craques

Barcelona, Atlético e Real vão hoje a jogo e apostam em Messi, Griezmann e Ronaldo

• Foto: Reuters

Messi, Griezmann e Ronaldo. Estes são os homens de quem se fala nesta super 4ª feira em que Barcelona, Atlético e Real jogam uma forte cartada na corrida pelo título, diante do Deportivo (Riazor), Athletic (San Mamés) e Villarreal (Bernabéu), respetivamente. Os craques atravessam momentos de forma distintos, aferíveis pelos golos assinados em abril (ver infografia), e isso reflete-se no rendimento das equipas.

Os treinadores estão conscientes da solenidade desta 34ª ronda. "Não imaginam a festa que faremos se ganharmos os 5 jogos que nos restam", diz Luis Enrique, técnico do Barça, aludindo ao facto de o pleno de vitórias significar... o título. Simeone, treinador do Atlético, opta por um ‘mind-game’, dando a entender que a sua equipa, agora em igualdade com os culés (que têm vantagem no confronto direto), beneficiará de um tropeção. "Quem é o favorito? Como não sou adivinho, não sei! Tenho é a certeza de que dependemos só de nós", afirma. Zidane, esse, está um ponto atrás e adota um discurso prudente. "Vejo o Barça e o Atlético a ganhar tudo! Estamos numa situação boa, mas ainda nada vencemos", frisa.

Recordes e proezas

O Barça vive uma conjuntura adversa (o mal-estar até levou Neymar a insultar Alba) e aposta na ressurreição de Messi, que se dá bem no Riazor, onde marcou (9 golos) nos últimos 4 jogos. O Atlético também gosta do novo San Mamés, ali tendo conseguido 3 triunfos em outros tantos jogos. Foi igualmente aí que Griezmann assinou o único ‘hat trick’ da carreira. Se a equipa colchonera vencer os 5 jogos fechará a liga com 91 pontos, batendo o seu recorde (90) de 2013/14. O Real também quer ganhar as últimas cinco partidas, algo que, desde 1999/00, apenas Mourinho (2011/12) conseguiu. Se isso ocorrer encerrará a liga com 12 triunfos seguidos, superando o Villarreal (8).



Gigantes com várias baixas

Nenhum dos candidatos ao título consegue apresentar hoje o plantel na máxima força. O Barcelona não conta com Piqué (castigado) e tem Arda Turan (gastroenterite) em dúvida. Já o Atlético não pode alinhar com Gabi (suspenso), Giménez e Tiago (ambos lesionados), enquanto o Real Madrid fica sem Bale e Carvajal (com problemas físicos), tendo Zidane decidido ainda poupar o central Pepe.

Suspeições e 'bicadas'

O jogo de palavras tem um peso considerável nas horas que antecedem a 34ª jornada. Arbeloa, defesa do Real Madrid, desabafou e... deixou a suspeição no ar. "Não é fácil ganhar a liga, pois passam-se sempre coisas nas últimas jornadas...", referiu. Gozão por natureza, Sergio Ramos explorou o ‘apagão’ do Barça. "Regressa o ‘cagómetro’", disse o central merengue aos colegas, durante o treino.

Por Nuno Pombo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.