Três ex-jogadores condenados a 38 anos de prisão por agredirem sexualmente uma menor em 2017

Tribunal de Burgos com mão pesada para com antigos futebolistas do Arandina FC

• Foto: DR Record

Os três ex-jogadores do Arandina CF, clube da 3.ª divisão espanhola, acusados de agredir sexualmente uma jovem de 15 anos em novembro de 2017, foram esta quinta-feira condenados a 38 anos de prisão cada.

Raúl Clavo, Carlos Cuadrado 'Lucho' e Víctor Rodríguez 'Viti' foram punidos em Burgos por agressão sexual e como cooperadores de agressão sexual dos outros dois.

Pelo primeiro delito foram condenados a 14 anos e pelo segundo a mais 24. Esta tinha sido, aliás, a pena pedida pelo ministério público.

Os arguidos têm ainda de indemnizar a vítima, conjuntamente, em 50 mil euros, estando proibidos de comunicar com ela nos próximas 10 anos.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0