Um "génio" com o "brilho do ouro": João Félix deslumbra imprensa espanhola

Português assinou exibição de grande nível diante do Lokomotiv Moscovo na Champions

João Félix fez uma grande partida em Moscovo, diante do Lokomotiv, e a imprensa espanhola rendeu-se à exibição do português do Atlético Madrid.

"Faltava-lhe um jogo assim. Redondo. Com golo. A mostrar que as dúvidas que estavam a ser criadas, pelo menos em alguns setores, pelos 127 milhões pagos por ele no verão passado não tinham razão de ser. Que a sua versão se aproxima mais da demonstrada na pré-temporada, em jogos descomunais diante do Real Madrid e da Juventus. E o encontro redondo chegou precisamente num momento vital da Champions." 
(...)
"O camisola 7 mostrou que tem futebol para dar e vender. Que nos seus pequenos pés, nos seus 19 anos, há um futebolista para liderar o Atlético pós-Griezmann. Herdou o número. Agora tem de herdar a sua importância. Encontros como o de ontem colocam-no mais perto."
Jornal 'Marca'

"João era o brilho do ouro num tridente que deixava Simeone orgulhoso em Moscovo."
(...)
"Herdou o número 7 de Griezmann e também o seu papel na equipa. Os 127 milhões que o clube pagou por ele assim o obrigava. Mas ele mostra que não sente esse peso."
Jornal 'As'

"Há uma década o treinador dos 'Ferroviários' dizia que ver Aguero jogar era como visitar o Museu do Prado e outro génio, João Félix, deixou um bom rasto de pinceladas de um talento que tudo indica virá a ser preponderante na Europa. Se se adaptar, se crescer em outros aspetos que não tinha quando chegou do Benfica, pode tornar-se no jogador da época, esculpido por Simeone."
Jornal 'Mundo Deportivo'

"João Félix deslumbrou com a sua qualidade em Moscovo. Juntamente com Thomas assinou a primeira vitória colchonera na Liga dos Campeões."
Jornal 'Sport'
 
"João Félix lança o Atlético em Moscovo com um golo e uma exibição de classe."
(...)
"Primeiro pela direita, depois pela esquerda, João Félix 'rompeu' o Lokomotiv e voltou a proclamar que, com todas as intermitências que possa ter, é o jogador que faz a diferença neste Atlético renovado."
Jornal 'El País'

"Pela primeira vez num jogo oficial, os três rapazes mais perigosos de Simeone, os que mais golos têm no seu ADN, estiveram juntos no relvado. Um alívio para o jovem João Félix, muito mais cómodo com a baliza a poucos metros de distância. Foi dali que o português descobriu a solução para os problemas do Atlético com o golo. Às vezes, como aconteceu esta noite, a solução é simplesmente uma coisa de meninos."
Jornal 'El Mundo'

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.