Valencia só liberta André Gomes por 65 milhões de euros

É esse o valor que o Barcelona terá de pagar se quiser adquiri-lo

• Foto: Epa

O Barcelona há muito que segue os passos de André Gomes e este verão parece mesmo tentado em avançar para a sua contratação. O grande problema, ao que parece, é mesmo o valor exigido pelo Valencia para libertar o médio português: 65 milhões de euros. Pelo menos é essa verba que o 'AS' exige para libertar o médio, que custou 15 milhões em 2014/15.

Aparentemente blindado por uma cláusula de rescisão de 115 milhões de euros, o médio é visto pelos responsáveis dos valencianos como um jogador fulcral, pelo que não haverá pressa para ser feita uma venda, muito menos por um valor abaixo daquele que acima referimos.

Do lado do Barcelona há a ideia de que André Gomes possa ser o sucessor de Iniesta, pelo que a sua contratação se insere já numa perspetiva de futuro. Além da capacidade técnica, que agrada aos catalães, também a sua compleição física é um dos pontos que 'viabiliza' a contratação. O grande problema é, conforme já dissemos, o valor exigido, ao para mais tendo em conta que o saldo para compras é de 43 milhões de euros - que pode chegar aos 68 com uma pequena 'engenharia financeira'. Sendo assim, para o Barcelona acaba por ser fundamental vender a bom preço Thomas Vermaelen e, possivelmente Arda Turan, médio turco que ainda não convenceu em Camp Nou.

Cancelo também na mira

Além de André Gomes, também João Cancelo é apreciado em Barcelona. Neste caso não se fala de valores, mas o 'AS' admite que o clube catalão ainda está em dúvida sobre se deve ou não ir ao mercado, mas deixa claro que o português agrada bastante em Camp Nou.

Por Fábio Lima
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.