Varane tomou durante 23 anos o mesmo pequeno-almoço: um dia mudou e os resultados estão à vista

Central francês revela o que fez a vários níveis para acabar com as lesões

A carreira de Varane tem sido marcada por lesões, algumas de muita gravidade como a que sofreu a 11 de maio de 2013, quando ia agarrar o lugar de Pepe, supostamente castigado por Mourinho por ter defendido Casillas. Nesse dia, o central francês rompeu o menisco, um momento que não esquece mas que o tornou mais forte. 

Ao fim de algumas lesões, Varane percebeu que tinha de mudar e que as mazelas não eram aleatórias. "Fui procurando soluções para mudar certas coisas, determinados hábitos. Durante 23 anos tomei o mesmo pequeno-almoço. Mas numa determinada noite disse para mim mesmo que isso não funcionava, que estava lesionado e mudei. Alterei hábitos da noite para a manhã. Neste momento, sinto-me bastante bem e continuo essa procura, melhorando a todo o momento", refere o jogador que esta época ainda não apresentou qualquer limitação física.

Mas a mudança não foi só a nível alimentar. "Trabalho mais em coisas profundas, postura, articulações equilíbrio geral... Ajuda os músculos. Tento antecipar a tensão, a ideia é acabar com ela logo que possível, antes que haja lesões musculares".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.