Granada obrigado a jogar só com 7 elementos da equipa principal... e agora pode ser punido na secretaria

Clube perdeu (2-0) frente à Real Sociedad

• Foto: Reuters

O Granada entrou em campo este domingo, frente à Real Sociedad, com apenas sete jogadores da equipa principal devido ao protocolo da Covid-19. O clube onde atuam os portugueses Rui Silva e Domingos Duarte - dois dos ausentes no jogo de hoje - foi informado de que só poderia utilizar atletas com testes negativos à Covid-19 e que não tivessem viajado para Chipre, onde na última quinta-feira o Granada defrontou o Omonia Nicósia para a Liga Europa.

Depois de o técnico Diego Martínez e o avançado Puertas terem sido colocados em isolamento por apresentarem sintomas, e também face ao número reduzido de jogadores, o emblema do sul de Espanha solicitou o adiamento do encontro, mas o pedido foi rejeitado pela Real Federação Espanhola de Futebol e o Granada foi mesmo a jogo com quatro jogadores da formação no onze inicial e apenas 8 dos 11 suplentes permitidos. 

O pior é que apesar de ter perdido por 2-0 frente à Real Sociedad, o Granada pode ainda ver a derrota subir para 3-0 na secretaria, visto que acabou o jogo com apenas quatro jogadores da equipa principal em campo.

Por Record
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Granada

Notícias

Notícias Mais Vistas