Eurodeputados querem transferência de Bale investigada

Dúvida nos valores em causa

Um grupo de três eurodeputados solicitou esta quarta-feira à Comissão Europeia que investigue a transferência do futebolista Gareth Bale para o Real Madrid, por alegada ajuda financeira de bancos resgatados, o que constitui um apoio ilegal do estado espanhol.

Em comunicado, Daniel Dalton, do partido conservador inglês, o britânico Sander Loones, do Comité de Economia da EuroCâmara, e o catalão Ramon Tremosa apontam a possibilidade de parte dos 90 milhões de euros pagos pelos 'merengues' ao Tottenham, em 2013, tenham surgido do Bankia, banco que foi 'salvo' pelo estado espanhol, com o Fundo Europeu de Estabilidade, um ano antes.

"É preciso saber se os contribuintes espanhóis e europeus não andam a financiar a contratação de grandes estrelas a clubes como o Real Madrid", lê-se no comunicado.

As alegações dos três eurodeputados baseiam-se no contrato efetuado entre o clube espanhol e o Tottenham que foi publicado no site 'Football Leaks', que sugere a intervenção do Bankia, e numa queixa apresentada em 2013 pelo eurodeputado holandês Derk Jan Eppink, que denunciou a participação do banco.

"O dinheiro enviado pela Europa para salvar o Bankia está a ser utilizado pelo Real Madrid para a ajudar a contratar Bale", frisou na altura Eppink.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Real Madrid

Notícias

Notícias Mais Vistas