Joachim Löw: «Nego em absoluto que vá treinar o Real»

Afasta-se do cargo

• Foto: DPA

Joachim Löw, atual selecionador da Alemanha, tem sido um dos nomes mais falados para poder suceder a Zinedine Zidane mas fez questão de se demarcar do tema e até se mostrou surpreendido com a saída do homólogo francês. "Nego em absoluto que vá treinar o Real Madrid. Para mim, isso nem é tema, estou exclusivamente concentrado no Mundial. De certeza que o Real Madrid vai encontrar um bom substituto", atirou o atual campeão do Mundo de seleções.

Desta forma, Löw afastou-se de uma corrida que parece estar cada vez mais resumida a um nome, ainda que os merengues devam encontrar alguns obstáculos para concretizar a chegada do alvo primordial. Refira-se que Löw, inclusivamente, renovou contrato há pouco mais de 15 dias com a federação alemã, tendo prolongado o vínculo até ao final do Euro’2022, pelo que o interesse do Real Madrid nos seus serviços nunca terá passado disso mesmo. Por fim, a estranheza pela decisão tomada por Zidane, logo após a conquista da 3ª Liga dos Campeões pelo Real. "Sim, também me surpreendeu a mim", explicou o selecionador alemão, de 58 anos.

Laudrup contactado

Embora não tenha sido um nome apontado pela imprensa à sucessão, o dinamarquês Michael Laudrup, que representou o Real Madrid como jogador entre 1994 e 1996, é também um alvo, segundo revelou o seu empresário, embora não treine desde 2016.

"Falei com pessoas ligadas ao clube e [Laudrup] é um candidato ao cargo", disse ontem Bayram Tutumlu ao jornal dinamarquês ‘Ekstrabladet’.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Real Madrid

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.