Real Madrid só pensa em CR7

Há interesse em Mbappé e outras ações de mercado mas Florentino quer é segurar o melhor do Mundo

• Foto: Reuters

O Real Madrid está determinado em manter o melhor jogador do Mundo, e nas últimas semanas tem desenvolvido uma série de ações no sentido de demonstrar a Cristiano Ronaldo o peso e a importância dele, não apenas no projeto desportivo mas acima de tudo na história do emblema de Madrid. Uma realidade que não deixa o jogador indiferente, sendo que, neste momento, tudo se conjuga para a continuidade de CR7 no Real Madrid, com quem tem contrato até 2021.

O turbilhão que se gerou durante o mês de junho, com as constantes notícias a dar relevo ao desejo de Ronaldo em sair do Bernabéu, não deixaram ninguém indiferente no clube, muito menos Florentino Pérez. O presidente do Real Madrid tem noção do significado do camisola 7 na história atual do clube, não apenas na vertente desportiva mas também no que concerne à política financeira e marketing.

Numa altura em que, aos 32 anos, Ronaldo está perto de conquistar a sua quinta Bola de Ouro, igualando Messi, depois de uma época de sonho em que venceu Liga e Champions, a estrutura gerida por Florentino entende que deve ser feito todo o esforço para não apenas garantir a continuidade do melhor do Mundo mas, acima de tudo, fazer com que CR7 se sinta desejado e reconhecido em Madrid. Consciente do mal-estar do jogador em relação à atuação do governo espanhol na questão fiscal, que lhe reclama dívida de 14,7 milhões de euros, no clube merengue há a consciência de que a conduta de Cristiano no processo foi sempre exemplar.

Aliás, além da declaração pública de apoio, o Real Madrid já terá confidenciado ao governo espanhol confiança absoluta na seriedade de CR7 no processo. Ronaldo nunca falou publicamente sobre estas questões mas sabe que tem o apoio do clube. E, apesar do interesse de Man. United e PSG, o Real tem-lhe proporcionado o que mais o motiva: títulos. E é importante sublinhar que ao serviço do Real ganhou três dos quatro prémios de melhor do Mundo. A continuidade de CR7 em Madrid é, assim, um cenário cada vez mais próximo.

Apresentado há oito anos

Cristiano Ronaldo foi apresentado no Santiago Bernabéu há sensivelmente oito anos. A 6 de julho de 2009, com um estádio cheio, CR7 era apresentado como jogador do Real Madrid, clube que pagou 94 milhões de euros ao Manchester United para garantir o internacional português. Perante cerca de 90 mil pessoas, com a presença das lendas Eusébio e Di Stéfano, o craque foi recebido em verdadeira apoteose. Oito anos depois, já bateu quase todos os recordes possíveis com a camisola merengue.

Regresso previsto para final do mês

A época de Ronaldo acabou a 28 de junho, no jogo frente ao Chile, a contar para a meia-final da Taça das Confederações, sendo que o regresso a Madrid só acontecerá no final deste mês. O jogador está neste momento a gozar um período de férias com a família e nem sequer vai integrar o estágio de pré-temporada dos merengues, o qual começa já depois de amanhã (10 de julho), seguindo depois o grupo para uma digressão pelos Estados Unidos da América (EUA). Aliás, a participação de Cristiano Ronaldo na Supertaça Europeia, frente ao Man. United de José Mourinho, a 8 de agosto, é um cenário pouco provável. Já na época passada falhou o jogo contra o Sevilha.

Desportista mais bem pago do Mundo

Cristiano Ronaldo foi anunciado pela conceituada revista ‘Forbes’ como o desportista (não apenas o futebolista) mais bem pago do Mundo. A revista revelou em fevereiro deste ano os valores ganhos por CR7 durante o ano de 2016, perfazendo um total de 81,7 milhões de euros (52M€ em salários e 29,7M€ em patrocínios).

Pressão de Zidane

Neste contexto relacionado com o futuro de Cristiano Ronaldo, Zinedine Zidane já fez saber, de forma convicta, junto de Florentino Pérez que perder CR7 é um cenário que não equaciona. Aliás, a relação do português com o técnico francês é muito forte e Zizou nem quer ouvir falar de um projeto merengue onde o português não esteja incluído.

Números

407 golos pelo Real Madrid, em 394 jogos. Melhor marcador da história do clube. Um registo impressionante, onde se engloba ainda 125 assistências.

105 golos na Champions, 90 deles com a camisola do Real. Primeiro jogador a fazer mais de 100 golos na mais importante prova de clubes da UEFA.

11 títulos que o Real ganhou com CR7 ao comando das operações: três Champions (2013/14, 2015/16 e 2016/17); duas Ligas (2011/12 e 2016/17), dois Mundiais de Clubes (2014 e 2016); uma Supertaça Europeia (2014); duas Taças do Rei (2010/11 e 2013/14) e uma Supertaça de Espanha (2012).

Por António Bernardino
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Real Madrid

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.