«Tinha febre há oito dias até que começou a sentir falta de ar mas não queria colapsar o sistema»

Filho do ex-presidente do Real Madrid, Lorenzo Sanz, relata como o pai ficou em estado crítico devido ao coronavírus

O antigo presidente do Real Madrid, Lorenzo Sanz, está internado numa unidade de cuidados intensivos em Espanha e corre risco de vida por causa do coronavírus. Fernando Sanz, filho do empresário de 76 anos, faz esta quarta-feiro o relato do que sucedeu em entrevista à 'Marca'.

"Estava há oito dias com febre, telefonou para receber indicações e disseram-lhe para tomar paracetamol. Aguentou oito dias, não queria colapsar o hospital, até que começou com falta de ar e a sentir-se pior. Hospitalizaram-no e disseram que está mal, com pouco oxigénio no sangue. Ele dizia que tinha pouca febre e não queria colapsar o sistema", refere.

Fernando Sanz deixa palavras de agradecimento aos profissionais de saúde. "Temos a certeza que está nas melhores mãos, são o orgulho da nação. Está no Hospital Jiménez Díaz, onde me salvaram a vida quando era pequeno", acrescenta. 

Sanz foi presidente dos merengues entre novembro 1995 e julho 2000, sucedendo-lhe Florentino Pérez no cargo. Ao serviço do emblema de Madrid, conquistou, entre outros troféus, um campeonato e duas Ligas dos Campeões.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Real Madrid

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0