Zidane diz que tem apoio do clube: «Quando não se ganha é normal que surjam críticas»

Treinador viu a sua continuidade no Real Madrid ser colocada em causa depois na derrota na Champions

• Foto: Reuters

Depois do descalabro que foi o último jogo na Liga dos Campeões - derrota na Ucrânia frente ao Shakhtar Donetsk, o que deixou a equipa 'à beira' da Liga Europa - o Real Madrid está de volta ao campeonato e Zinedine Zidane aponta o jogo de amanhã, frente ao Sevilha, como decisivo para dar a volta à situação. "Queremos competir", garantiu o treinador francês, cuja continuidade nos merengues foi esta semana colocada em causa.

"O mais importante é o jogo de amanhã, temos de pontuar frente a um rival que é muito bom, nós gostamos de jogos assim", disse 'Zizou' quando questionado se ainda pensa na Champions. "Para nós o jogo mais importante é o próximo."

Mas os jornalistas não se sentiram satisfeitos com esta resposta e quiseram saber se o treinador sente o apoio do clube. "Sim, completamente. Não posso estar contente quando perdemos um jogo, mas sabemos onde estamos. É uma sorte lutar por este clube e vou fazê-lo até ao último dia."

O técnico lida aparentemente bem com as críticas. "Não posso comentar, não me chateia. O meu cargo é assim, quando não se ganha é normal que surjam críticas, mas isso não vai mudar o que penso. Vamos seguir em frente."

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Real Madrid

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.